Antonio Israel Bruno

Eu choro tua partida e a minha quem chorou?A tua marcou-me a vida,a minha de quem marcou?

Textos


SONHOS E ESPERANÇA!

Tantos sonhos, na vida,embriagam;
Travesseiro, contar-me a sensação:
São tantos sonhos e quantos afagam,
Confiança, tornar, mera ilusão!

Quisera, nos sonhos que tanto busco,
Realidade, metade somente;
Esperança, cantando, golpe brusco;
Mentiras coletadas, livremente.

Só, na minha mente, quando durmo!
Porque na lucidez, não me visita?
Aponta-me, a esperança, vida!

Dorido, sentimento que enturmo,
Num ser amargurado que hesita;
Dos sonhos, à esperança perdida!

Barrinha o5 de abril de 2018
Aibs1953@gmail.com
WathsApp 994504199

 
antonioisraelbruno
Enviado por antonioisraelbruno em 05/04/2018
Alterado em 06/04/2018

Música: Serenata - Augusto Calheiros e

Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras