Antonio Israel Bruno

Eu choro tua partida e a minha quem chorou?A tua marcou-me a vida,a minha de quem marcou?

Textos


DORES NA ALMA
 
Pela ferida alma, o lamento,
Magoada, em que por ressentida
Foram golpes, se frios pensamentos
Culpas, dores e na alma esculpida.
 
Tropeços oriundos, corpo após
Morte, aceno à sombra da vida,
Ainda que tornado suporte, atroz,
Nas durezas impostas, envolvida.
 
No túmulo, riscando firmemente,
Da lápide, faíscas extraíndo,
Desta ira, condói-se, não à mágoa.
 
Talvez, fizeste o que felizmente;
Que se não pudesse; nem produzindo;
Fizestes; Só para ti esta frágua.
 
Barrinha 06 de maio de 2018
Aibs1953@gmail.com
WathsApp 994504199

 
 
 
 
antonioisraelbruno
Enviado por antonioisraelbruno em 06/05/2018
Alterado em 24/07/2018

Música: Valsa da Despedida - Francisco Alves & Da

Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras