Antonio Israel Bruno

Eu choro tua partida e a minha quem chorou?A tua marcou-me a vida,a minha de quem marcou?

Textos


À SOMBRA DA ESCURIDÃO.
 
Por um valor constante de que te dás,
Conceitos, ao teu ser enleva,
Se a si pelo bem é que atrairás,
Bem o fazes, aos demais elevas!
 
No entanto, vida que vais levando,
Se na tua postura incomoda
Arrogante, segues vida turvando
Desprazeres nos demais, acomoda!
 
Não vanglories cá, nesta passagem,
Quando curta vida é, a ostentar
Bagagem, o orgulho que empregas.
 
Provocas lambanças, nesta miragem,
Sendo fútil na soberba a vagar,
Sofre exibir-se, escorregas!
 
Barrinha, 07 de abril de 2018
Aibs1953@gmail.com
WathsApp – 994504199
 
antonioisraelbruno
Enviado por antonioisraelbruno em 07/04/2018
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras