Antonio Israel Bruno

Eu choro tua partida e a minha quem chorou?A tua marcou-me a vida,a minha de quem marcou?

Textos


"A DEUSA NO ESPELHO"

Na barbearia, barba fazia,
Fatal, me foi passagem na calçada,
Espelho que a mim refletiria
A deusa, coração chamou, amada!
 
Ah calçada, que me fez insucesso!
A procura, quando acabou, parti;
Presença, tudo daria, confesso;
Da deusa, que pelo espelho eu vi.
 
Se alfinete, achado teria;
Na sua procura, no chão avistei;
Viera agulha, dama ocultar!
 
Minha tortura; a convenceria?
O sonho, em que eu não realizei;
Da musa no espelho, me magoar!
 
Barrinha 01 de abril de 2018

Aibs1953@gmail.com
WathsApp 994504199
antonioisraelbruno
Enviado por antonioisraelbruno em 01/04/2018

Música: A deusa da minha rua - A deusa da minha rua

Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras