Antonio Israel Bruno

Eu choro tua partida e a minha quem chorou?A tua marcou-me a vida,a minha de quem marcou?

Textos


"BOCA DE ROSA"

Pétalas rosa lábios, extasiam,
Excita irresistível sensação
Em sonhos que formosos desabrocham
Na voz que é de sentir o coração

Exalando o perfume, convidam
Se no bate papo para conversar:
Lindos, belos lábios vermelhos brilham,
Rubros são os cintilam a enlevar.

Boca, desejo ardente desvaira,
Nas rosas se pelos beijos dou também,
Nas pétalas tornando as, formosa.

Como sereno na rosa que paira
Colossal na umidade se mantém
Por encanto tua boca de rosa.

Barrinha 05 de fevereiro de 2018
Aibs1953@gmail.com
WathsApp 9 9450 4199
antonioisraelbruno
Enviado por antonioisraelbruno em 05/02/2018

Música: Lyda Borelli 1918. Vicente Celestino Boca de Rosa (1940) Martírios (1939) - Desconhecido

Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras