Antonio Israel Bruno

Eu choro tua partida e a minha quem chorou?A tua marcou-me a vida,a minha de quem marcou?

Textos


Amei-te e muito
 
Alfinetadas na alma sentidas
O amar provoca dores e sofri
Nas dores e tantas da minha vida;
Confessar dizer, te amei vivi!
 
Se pelos dias e vários permitidos,
Tomei-te as mãos, muito desfilamos!
E por vezes de inveja sentidos,
Amando-nos em sonhos fracassamos!
 
Sofrimento em louca desilusão,
Separou-nos o destino pobre e frágil,
Cada qual seguiu seu rumo, direção!
 
Pelo tempo se não perdoa e ágil,
Forçou a saudade comigo vir morar:
Daria tudo pra nos meus braços voltar!
 
Barrinha 29 de setembro de 2017

Aibs1953@gmail.com
29/09/2017 17h24min: 46
 
israelbrunopoeta
Enviado por israelbrunopoeta em 29/09/2017

Música: E O DESTINO DESFOLHOU - CARLOS GALHARDO - Desconhecido

Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras