Antonio Israel Bruno

Eu choro tua partida e a minha quem chorou?A tua marcou-me a vida,a minha de quem marcou?

Textos


AGONIA DO IGNORANTE!

Onde esconde,na falta do saber?
Lástima traduz trevas, escuridão!
Por não ter nada e de sonhos viver,
Vive um sonho, viver de ilusão!

A deslealdade se faz na traição,
Honra se dá valente ou brigador!
Da ignorância na sombra brandirão:
Desregrada. Inábil: Falta amor!

E por lamento seu, sofre coração!
Na ignorância, sofrem todos os seus;
Sofrendo, desastrosa desilusão!

Fronte do adeus e também dos ateus,
Onde impera a força opressão:
Seguem brutais, não os esquece Deus!

Barrinha 10 de agosto de 2017
israelbrunopoeta
Enviado por israelbrunopoeta em 10/08/2017

Música: Dilermando Reis Sons de carrilhões 1968 - Desconhecido

Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras