Antonio Israel Bruno

Eu choro tua partida e a minha quem chorou?A tua marcou-me a vida,a minha de quem marcou?

Textos


ESTRELA MATUTINA 

Da desditosa vida a penumbra,
Solidão amiga; infortúnio!
Se castigo meu, por amor vislumbra;
Busco-te deusa ao plenilúnio!

Sempre sombra desespero se se dá,
Nem mesmo tem pena luz no poente;
Embala no mais gentil suavizar
Da noite se se presa, faz presente!

A névoa se entoa morta a luz,
Relampejo se escuridão traduz;
Quando muda, a estrela de lugar!

Clemente após desespero tombar,
Percebo no horizonte aurora:
Ao seu luzir; firmamento cora!

BARRINHA 06 DE AGOSTO DE 2017
aibs1953@gmail.com

 
israelbrunopoeta
Enviado por israelbrunopoeta em 06/08/2017
Alterado em 06/08/2017

Música: 01 Estrela Matutina - Desconhecido

Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras