Antonio Israel Bruno

Eu choro tua partida e a minha quem chorou?A tua marcou-me a vida,a minha de quem marcou?

Textos



ABISMO DE ROSAS.

Abismos se de rosas encontrados,
Aromas nos presenteiam natura.
De rosas encantam se com bravura;
Nos campos,pelas grotas e nos prados.

Beleza na beldade se dos campos,
Transitam entre nós as borboletas...
Luzir também as noites pirilampos,
Ando nas estrelas! Cá obsoletas!

Luz, dia revoada nos seus cantos,
Os pássaros nos ensinam a viver;
E nos causa prazer, encantos santos!

Os  espinhos no abismo consolam
Pétalas juntas rosa! O descrever!
No abismo, rosas! violões solam!

Barrinha 3 de junho de 2017
aibs1953@gmail.com
israelbrunopoeta
Enviado por israelbrunopoeta em 03/06/2017
Alterado em 05/06/2017

Música: Abismo de Rosas - Americo Jacomino - Rafael Romeu Simas R - Desconhecido

Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras